Dicas para evitar erros na 2ª fase da OAB

Dicas para evitar erros na 2ª fase da OAB

Introdução

O objetivo deste artigo é tratar a respeito dos erros que podem ser cometidos na 2ª fase da OAB e apresentar dicas para não cometê-los.

A 2ª fase da OAB é o último grande obstáculo entre os examinandos e a inscrição como advogados
A 2ª fase da OAB é o último grande obstáculo entre os examinandos e a inscrição como advogados

Durante a graduação, o momento mais esperado e temido por todos os acadêmicos é o exame de Ordem. Trata-se do último grande desafio antes de alcançar a inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), conforme traz a lei 8.906/1994, o Estatuto da Advocacia.

Por isso, preparar-se é fundamental para alcançar êxito na hora de prestar a prova. Isso envolve um trabalho tanto intelectual quanto emocional, a fim de não ocorrer nenhum imprevisto durante a realização da avaliação.

Já na primeira fase, os examinandos são direcionados à resolução de 80 questões com quase 20 matérias diferentes. A pressão é normal, mas existem técnicas que podem fazer seus impactos diminuírem, tanto na primeira etapa, quanto na 2ª fase da OAB.

O estudo, na primeira etapa, é mais objetivo, focado na resolução das questões e no maior aproveitamento da prova. Já na 2ª fase da OAB, por se tratar de estudo de casos, é necessário permanecer sempre atento aos detalhes.

Isso porque a peça prática nada mais é que o reflexo da própria atuação na advocacia. Erros possuem um nível de tolerância mais baixo e podem acabar comprometendo todo o resultado dos candidatos.

Tomando como exemplo, no exercício da profissão de advogados, caso ocorram erros significativos de estrutura, fundamentação e organização, haverá prejuízos aos clientes. Da mesma forma, estes podem levar à atribuição de nota zero ao examinando.

Por isso, é importante a todos se manterem sempre atentos à forma e estruturas cobradas pela Fundação Getúlio Vargas, que é responsável pela aplicação da prova.

Itens simples como assinar ao final da peça conferem ao candidato a nota zero em toda a petição. Estas e outras proibições devem ser observadas durante os estudos, a fim de garantir a aprovação na 2ª fase da OAB.

Erros na 2ª Fase da OAB

Durante a 2ª fase da OAB é normal os acadêmicos ficarem nervosos e cometerem certos equívocos. No entanto, é importante delimitar certas circunstâncias que podem ocasionar diversos prejuízos na hora da correção e atribuição de nota.

Na 2ª fase da OAB são testados todos os conhecimentos de Direito dos candidatos
Na 2ª fase da OAB são testados todos os conhecimentos de Direito dos candidatos

Os erros elementares, ou substanciais, conferem ao candidato a nota zero e causam a eliminação do certame. Isso acarreta a necessidade de participar, mesmo que desnecessariamente algumas vezes, de uma repescagem ou nova prova.

Um dos erros mais comuns cometidos pelos examinandos na 2ª fase da OAB é ultrapassar os limites da folha de resposta. É importante que os candidatos respeitem estes limites, pois todo o conteúdo que permanecer fora da folha de resposta será considerado inválido pelos examinadores.

É importantíssimo se atentar a estes limites, pois se qualquer conteúdo exterior às margens é desconsiderado, o próprio raciocínio da peça é prejudicado. Havendo excessos, isso pode zerar a prova ou causar reprovação na 2ª fase da OAB.

A indicação dos itens de resposta, por mais simples que pareça, também é causa de atribuição de nota zero às questões dissertativas. Por isso, é indicada a utilização dos itens “a)” e “b)” no momento de indicar os subitens das respostas. O mesmo vale para a ordem das questões, sempre devendo seguir a ordem lógica do exercício.

Marcar o Vade Mecum incorretamente não atribui nota zero, mas pode impossibilitar a realização da prova. Caso seja confiscado pelos fiscais, ou mesmo ameaçado, isso pode abalar psicologicamente ou impedir a realização da avaliação.

A dica inicial e bônus é que, se houverem dúvidas a respeito da marcação e se for possível, dispor de dois exemplares. Neles, deixar um com as marcações necessárias e outro completamente limpo, diminui a ansiedade na hora da prova e garante a sua realização sem problemas.

Além disso, é proibido levar para a sala de provas qualquer tipo de doutrina ou legislação comentada. Por exemplo, se o objetivo for realizar uma prova de matérias cíveis, recomenda-se a aquisição de um Vade Mecum próprio ou, pelo menos, não comentado.

Leia também:

A identificação de peça é, sem sombra de dúvidas, um dos erros na 2ª fase da OAB que acontece com maior frequência. Isso porque, durante a graduação, é comum haver uma certa flexibilização a respeito da formatação das petições.

Quantidade de páginas, modelo de escrita e a própria ortografia são itens que podem acabar ocasionando, quando errados, nota zero. Além disso, não se pode assinar ou identificar de nenhum modo a peça, seja colocando nome ou através de assinaturas ou rubricas.

Outra coisa que pode acarretar nota zero é o fundamento legal incorreto na 2ª fase da OAB. Trata-se de uma falha grave na argumentação, pois diz respeito à leitura da legislação e a interpretação da norma legal.

Isso significa que é necessário conhecer a legislação e a jurisprudência aplicáveis ao caso concreto, e utilizar esses conhecimentos para embasar as teses jurídicas apresentadas.

De forma geral, “conhecer a lei” diz respeito aos institutos e à interpretação e não necessariamente os artigos. A ausência de fundamento legal pode demonstrar falta de domínio dos conhecimentos jurídicos necessários para a prática da advocacia. Isso pode afetar a avaliação do examinador e prejudicar o desempenho do candidato.

Por fim, cumpre mencionar a respeito da legibilidade e ordenação da peça. Na 2ª fase da OAB, é importante que o candidato apresente uma letra legível e um argumento coerente.

Isso porque a prova consiste em redigir uma peça processual ou responder a questões discursivas, exigindo habilidades de escrita e argumentação jurídica. Uma letra ilegível pode dificultar a compreensão do examinador, prejudicando a nota do candidato na 2ª fase da OAB.

Além disso, um argumento incoerente pode demonstrar falta de conhecimento jurídico e capacidade de aplicá-lo na prática, o que pode afetar a avaliação do examinador.

Portanto, ter uma letra legível e apresentar um argumento coerente são fundamentais para demonstrar as habilidades necessárias para a prática da advocacia.

05 Dicas para evitar erros na 2ª Fase da OAB

Na 2ª fase da OAB, muitas coisas podem ser prejudiciais ao desempenho ou até mesmo sobre a realização da prova.

A primeira dica é sempre verificar os materiais e realizar uma lista de tudo que será essencial antes de entrar no ambiente da prova. É bastante comum que os examinandos se esqueçam, por causa do nervosismo, de itens ou até mesmo documentos.

Esquecer algo na 2ª fase da OAB pode abalar psicologicamente e prejudicar o desempenho
Esquecer algo na 2ª fase da OAB pode abalar psicologicamente e prejudicar o desempenho

A segunda dica diz respeito à necessidade de se atentar ao número máximo de linhas permitidas na peça e questões. Comumente, durante a graduação, são exigidos exercícios com números significativamente altos de linhas manuscritas, o que pode ser prejudicial.

Para evitar este tipo de problema, como terceira dica, recomenda-se a utilização de simulados e provas anteriores, fazendo-os nos moldes corretos da OAB e se atentando ao limite de folhas e palavras, bem como a utilização correta dos rascunhos.

A quarta dica está no gerenciamento do tempo, um dos fatores prejudiciais na 2ª fase da OAB. Longos períodos de ausência em sala de aula, má estruturação da forma de resposta na prova ou “lanches” demorados consomem muito tempo e devem ser evitados.

Por fim, a última dica para evitar erros na 2ª fase da OAB, diz respeito à organização e estruturação para a realização. Nesta hora, o que se recomenda é, primeiramente, identificar a peça requerida, anotar o fundamento legal e estruturar os tópicos.

No momento da avaliação, é imprescindível verificar a totalidade da prova antes de começar. Se necessário, tomar anotações no rascunho e identificar brevemente as questões.

Entretanto, por já estar relativamente preparada, pode-se direcionar o tempo na resolução das questões. Note-se que não se trata de fundamentar a peça, mas somente indicar aquilo que será descrito.

Por isso, é importante lembrar que não há tempo para passar questões ou materiais a limpo. É necessária a prática argumentativa e treino de fundamentação para não haver prejuízo na organização ou no tempo.

Conclusão

O objetivo deste artigo foi entender a respeito dos erros cometidos na 2ª fase da OAB, bem como apresentar dicas sobre como evitar imprevistos na hora da prova.

Na 2ª fase da OAB, erros como a identificação incorreta da peça, utilização de fundamento legal incorreto, letra ilegível e argumento incoerente podem levar à obtenção de nota zero.

É importante que os examinandos conheçam a legislação e a jurisprudência aplicáveis ao caso, utilizando esses conhecimentos para embasar as teses jurídicas apresentadas.

Além disso, na 2ª fase da OAB, é fundamental apresentar uma letra legível e um argumento coerente para demonstrar as habilidades necessárias para a prática da advocacia.

Esses erros são comuns devido à flexibilidade na formatação das petições durante a graduação, mas devem ser evitados para garantir um bom desempenho na prova e exercer a advocacia de forma ética e competente.

Estar sempre atento e manter uma organização de estudos são essenciais. Entretanto, o nervosismo no momento da prova pode levar ao cometimento de erros. Por isso, é importante executar uma lista de itens a serem verificados no momento da prova, para minimizar as chances de imprecisões.

É importante entender, por fim, que a 2ª fase da OAB nada mais é que o cotidiano dos advogados e advogadas atuando. Quanto menores forem os erros, mais preparados estão estes para o exercício da advocacia.

Assim, o candidato que estiver apto a elaborar uma peça de qualidade, com argumentos sólidos e aplicar corretamente a legislação está preparado. Os desafios posteriores no mercado de trabalho requerem, portanto, um constante estudo e eficiência na elaboração das peças.

Por isso, a 2ª fase da OAB deve ser tomada como grande dedicação de tempo e esforço. É preciso se observar os possíveis erros e se atentar às possibilidades dentro da matéria escolhida, para se evitar quaisquer problemas.

Ricardo Pereira de Oliveira

Dúvidas Frequentes:

O que é a 2ª fase da OAB?

A 2ª fase da OAB é a etapa prática do Exame da Ordem dos Advogados do Brasil. Nessa fase, os candidatos têm que redigir uma peça processual e responder a quatro questões discursivas sobre uma área do direito escolhida por eles. A duração da prova é de cinco horas e o objetivo é avaliar a capacidade do candidato de aplicar o conhecimento teórico em situações práticas.

Quais os erros mais comuns na 2ª fase da OAB?

Os erros mais comuns na 2ª fase da OAB incluem a falta de conhecimento teórico da área do direito escolhida, a falta de prática na elaboração de peças processuais e respostas discursivas, a falta de organização e planejamento na hora da prova, a falta de atenção às instruções e a falta de revisão do trabalho antes de entregá-lo.

Como evitar erros na 2ª fase da OAB?

Para evitar erros na 2ª fase da OAB, é importante que os candidatos estudem bem a área do direito escolhida, treinem a elaboração de peças processuais e respostas discursivas, planejem bem o tempo de prova, leiam atentamente as instruções e revisem o trabalho antes de entregá-lo. Além disso, é importante que os candidatos estejam bem descansados e alimentados no dia da prova, evitem distrações e mantenham a calma durante a resolução da prova.

Quer saber tudo sobre o Exame de Ordem? Acesse:

Prova OAB

Nossas redes sociais

Instagram Estratégia OAB

YouTube do Estratégia

Assinatura OAB

Conteúdo completo para a 1ª e 2ª fase da OAB.

Conteúdo completo e atualizado até você obter a aprovação na OAB. Conheça o LID – 💻Livro Digital Interativo: exclusividade da Assinatura OAB!

Assinatura OAB

Conteúdo completo para a 1ª e 2ª fase da OAB.

Conteúdo completo e atualizado até você obter a aprovação na OAB. Conheça o LID – 💻Livro Digital Interativo: exclusividade da Assinatura OAB!

Nossas redes sociais

Instagram Estratégia OAB

YouTube Estratégia OAB

Inscreva-se no Telegram

Veja com mais detalhes como funciona a prova da OAB 1ª fase!

0 Shares:
Você pode gostar também